Bitcoin e outras criptos: o que saber antes de investir?

por | 17 maio, 2022 | Tecnologia

A criptomoeda chegou para revolucionar o mercado financeiro e trouxe também um novo cenário para o investidor. Conheça os principais pontos antes apostar na moeda digital

 

Um dos assuntos que estão em alta nos últimos anos são as criptomoedas. Elas são ativos que, junto à tecnologia, oferecem ao investidor a possibilidade de mudar um pouco o rumo da sua carteira, sem interferência política ou fiscal. No entanto, investir em criptos é bastante arriscado. Por isso, vale a pena conhecer um pouco mais antes de começar, pois são moedas bastante voláteis.

 

Vale a pena investir em bitcoin e outras criptomoedas?

 

Vai de você e do seu “estômago” para investimentos de maior risco. Mas um dos fatores que torna este tipo de investimento atraente é a independência de órgãos reguladores do governo e instituições financeiras. São investimentos isentos de impostos nas transações de compra e venda, não sofrem influência da inflação e ainda lidam com menor exigência burocrática na hora de começar a investir.

 

Volatividade

 

Uma característica comum das criptomoedas é a oscilação de preço que acontece devido à  oferta e demanda por moedas digitais, muito sensíveis às notícias. Quando há uma certa confiança sobre o bitcoin e outras criptos, seu preço tende a valorizar e o contrário acontece quando ocorrem tentativas de violação em corretoras ou sistemas de moedas digitais.

 

Segurança

 

O que protege o investidor durante suas transações de criptomoedas é o sistema blockchain, uma tecnologia que garante a transparência de toda a movimentação da moeda, onde tudo é armazenado em registro seguro e inalterável, disponível para o acesso de todos os usuários. Escolher uma corretora confiável é fundamental para ter segurança nas transações.

O investidor deve analisar a confiabilidade da corretora, fazendo uma boa pesquisa antes de aplicar o dinheiro, lembrando também que é possível entrar neste mercado por meio de ETFs, fundos de investimentos e P2P.

 

Mineração

 

A mineração nada mais é que a geração de moedas, uma atividade vista como mais lucrativa do que as transações em corretoras, mas que por depender de fórmulas complexas e computadores com super processadores, não são acessíveis a todo investidor.

O minerador é responsável por verificar a validade das informações no registro de cada transação e quando consegue encontrar um bloco de criptomoedas em primeiro lugar, ele ganha uma quantia de moedas digitais.

 

Diversificação da carteira de ativos

 

O investidor deve ficar atento à administração dos seus investimentos, para proteger seu patrimônio diante da valorização ou desvalorização das criptomoedas que esteja trabalhando.

A partir do momento que se constrói uma carteira diversificada, em quantidades menores  e para vários objetivos a curto ou longo prazo, a flutuação não impacta todo o seu planejamento.

Essa atitude é essencial, já que não é possível recuperar seus ativos de forma jurídica, devido à descentralização dessa moeda.

 

Compartilhe

Escrito por: mazzatech

A Mazzatech tem como missão transformar oportunidades em sucesso, impulsionando o potencial de cada profissional através da nossa precisão em identificar talentos. Queremos criar as oportunidade certas para você, dando suporte necessário para que execute um bom trabalho e cresça profissionalmente.

Escrito por: mazzatech

A Mazzatech tem como missão transformar oportunidades em sucesso, impulsionando o potencial de cada profissional através da nossa precisão em identificar talentos. Queremos criar as oportunidade certas para você, dando suporte necessário para que execute um bom trabalho e cresça profissionalmente.

Artigos relacionados