Tendências de tecnologia para o segmento de bens de consumo

O uso (bem feito) da tecnologia pode garantir a fidelização dos clientes. Confira tendências:

Por: Leonardo Raposo, Co-Founder and Head of US Operations
Escrito em: 11/11/2020

A indústria de bens de consumo é bastante diversificada, englobando diversos tipos de produtos. E para satisfazer clientes cada vez mais exigentes, dentro de um mercado concorrido, é preciso fazer bom dos recursos tecnológicos.

Com a pandemia do coronavírus, consumidores aumentaram ainda mais o uso do ambiente virtual para fazer compras. Esse novo comportamento é uma tendência que deve se manter nos próximos anos e, por isso, a tecnologia é essencial para o setor.

 

Principais tendências

 

A tecnologia está transformando o setor de bens de consumo, desenvolvendo novas formas de manter o controle da produção e do estoque, além de maneiras mais certeiras de gerenciamento da logística de vendas e entrega dos produtos.

Essas mudanças são estimuladas pelos próprios consumidores, que estão cada vez mais ligados digitalmente às marcas. É por isso que as empresas que atendem os clientes de forma personalizada, fazendo uso da tecnologia, acabam saindo na frente na preferência do consumidor.

Quer saber mais? Fique de olho nas principais tendências de tecnologia para o setor de bens de consumo:

  • Cliente no centro: personalizar a experiência do consumidor é um diferencial cada vez mais valorizado no mercado de bens de consumo. Existem ferramentas que podem ser desenvolvidas sob medida para a empresa com o objetivo de melhorar a experiência dos clientes por meio de uma gestão unificada. É o caso de sistemas de CRMs cada vez mais completos para a comunicação com o cliente e de ERPs inteligentes;

 

  • Automatizações inteligentes: é possível automatizar os processos de back office e até processos de atendimento fazendo uso de machine learning. Com isso, ganha-se tempo, refletido em produtividade dos colaboradores. Fazer uso de inteligência artificial nos processos de um e-commerce também farão a diferença na valorização da marca;

 

  • Empresas omnichannel: as compras online são uma tendência de mercado, mas muitos consumidores ainda gostam de ter a segurança e apoio de lojas físicas da marca. É por isso que a junção da comodidade das compras online com a qualidade no atendimento offline pode proporcionar mais crescimento e visibilidade para os empresários que estejam dispostos a atender em vários canais de forma interligada;

 

  • Internet das coisas e tecnologia 5G: a Internet das Coisas (termo usado para definir a interconectividade entre os equipamentos) pode se tornar ainda mais presente na rotina das pessoas com a chegada da tecnologia 5G, que proporciona ao consumidor a possibilidade de ter respostas virtuais mais rápidas, além de informações mais completas sobre as marcas. Adaptar a marca para essa tecnologia é um tiro certeiro;

 

  • Cloud computing: a gestão é facilitada quando a marca conta com seus dados em nuvem, pois é possível acessar de qualquer lugar os documentos, planilhas e sistemas ERPs. A nuvem também aumenta a segurança dos dados empresariais e de seus clientes, no caso de um e-commerce.

 

O setor de bens de consumo cresce rapidamente. Acompanhar as tendências de mercado, colocando o cliente sempre no centro de suas operações e adotar as tecnologias mencionadas farão a sua empresa se destacar. Para tanto, você precisará de um parceiro de TI experiente, apto a desenvolver sistemas sob medida para suas necessidades.

 

Conheça as soluções da Mazzatech para a indústria de bens de consumo