Porque a Índia é um importante centro de TI mundial?

Incentivo governamental para a instalação de empresas estrangeiras e para pesquisas fizeram a Índia se tornar uma potência mundial tecnológica.
Por: Leonardo Raposo, Co-Founder and COO da Mazzatech
Escrito em: 05/08/2020
Com a segunda maior população do planeta, povo altamente consumidor de tecnologia, investimento em qualidade de conexão e incentivo governamental para a instalação de empresas estrangeiras, a Índia se transformou destaque mundial quando o assunto é TI. Uma pesquisa da Bloomberg de 2019 estimou que o país pode ultrapassar os EUA na corrida tecnológica até 2035.

Por outro lado, a Índia também é conhecida pelo índice de pobreza – com 800 milhões de pessoas vivendo com menos de US$ 2 por dia. Mas o que aconteceu que, ao mesmo tempo em que tanta gente passa necessidade, o país se tornou polo tecnológico mundial?

Justamente para se livrar desse “estigma”, o governo indiano do primeiro ministro Shr Narendra implementou um programa para incentivar o desenvolvimento em pesquisas e, dessa maneira, diminuir os níveis de pobreza, aumentar o acesso à informação e a conectividade da população. Assim, concede incentivos às empresas estrangeiras que desejam desenvolver seus produtos no país. Dessa forma, as empresas qualificam a população local e estimulam sua ascensão social. Além disso, pesquisadores são enviados ao país cotidianamente para aprender, ensinar e desenvolver novas tecnologias.

A Índia é líder mundial em conexão móvel. É o país que mais inclui pessoas na internet em todo mundo. O desenvolvimento de conexão rápida e o grande consumo digital de sua população fez a Índia deixar de ser o país de telemarketing para se tornar o país do desenvolvimento de softwares e TI.

TI inserida na educação

Atualmente, a Índia incentiva a formação de desenvolvedores, imputando ainda na educação básica o tema. Existem programas de inovação que trabalham junto com os estudantes nas escolas, ensinando os alunos a pensarem de forma criativa, trabalhando com impressoras 3D, robótica e outras tecnologias.

Nas universidades, esses programas promovem ainda o empreendedorismo e a criação de startups.

Cidades indianas voltadas à TI

Algumas cidades indianas se como centros tecnológicos. É o caso de Bangalore, ao sul do país. Ela abriga sedes das gigantes Microsoft e Samsung, além de mais de 400 multinacionais e grandes empresas de tecnologia.

Outra cidade que possui grande potencial é Pune, no litoral oeste do país. Conhecida como cidade inteligente, Pune é um dos maiores centro de TI na Índia. Com diversas instituições de ensino e pesquisa, sua população universitária e em formação é grande.

Pune tem um amplo parque para empresas de tecnologia, sobretudo ligadas à informação e comunicação. Não à toa foi escolhida como berço do escritório da Mazzatech na Ásia. A Mazzatech entende o potencial da Índia no segmento e já conta com 3 profissionais locais.

Quer saber mais sobre como trabalhar remotamente em empresas de outros países e como essa experiência pode enriquecer seu currículo? Fale com a Mazza.