Entenda o que é NFT

Conheça o significado do termo NFT e saiba o que essa tecnologia representa

Por: Mazzatech
Escrito em: 28/04/2022

O termo NFT é uma sigla para a expressão em inglês non fungible token, que em português pode ser traduzido como “token não fungível”. Mas o que isso significa? Os tokens são códigos numéricos com registro de transferência digital, que garantem autenticidade e não podem ser substituídos. Eles funcionam como itens digitais que podem ser transferidos, mas não reproduzidos.

Por exemplo, um bitcoin é uma moeda virtual fungível, ou seja, é possível trocar um por outro e ter exatamente o mesmo valor. Já o token não fungível, se for trocado, vai ter um valor diferente, pois ele representa algo individual e específico para cada um.

 

Mas o que é um NFT?

 

Na prática, o NFT pode representar virtualmente qualquer coisa, seja algo real ou intangível, incluindo trabalhos artísticos, músicas, terrenos virtuais, cards digitais, entre outros. Em resumo, eles são como uma assinatura digital que transforma qualquer tipo de mídia digital, como fotos, vídeos, mensagens e arquivos de áudio, em um bem não fungível.

Para que serve o NFT?

Os tokens não fungíveis servem para garantir que determinado item é original. Por exemplo, se você comprar algo que tenha NFT, você terá a garantia de que aquele arquivo é único e autêntico. Dessa forma, eles foram projetados para conferir autenticidade digital a algo que não pode ser copiado, como a propriedade de uma obra artística.

 

Como são feitas as transações?

 

As transações de NFT acontecem por meio de uma tecnologia chamada blockchain. Trata-se de uma base descentralizada que é conhecida por servir de fundamento para as criptomoedas, como o bitcoin. É um sistema em que é possível rastrear o recebimento e o envio de informações. Todas as transações feitas pela plataforma ficam registradas em um documento oficial que pode ser acessado por qualquer usuário. Por ser um sistema descentralizado, as informações armazenadas são seguras e praticamente invioláveis, com grande margem de segurança.

 

Como criar um NFT?

 

Um token não fungível pode ser criado por qualquer pessoa e praticamente tudo o que existe no meio digital pode virar um NFT. O processo é relativamente simples, sendo que cada blockchain tem o seu próprio padrão de token não fungível, carteira digital compatível e marketplace. Mas a criação não garante que o item virtual terá valor no mercado. Se tiver algum valor, o NFT vai ser lançado para ser vendido e comprado.

Existe também um recurso que pode ser ativado para o dono receber uma porcentagem cada vez que o NFT é vendido ou muda de mãos. Apesar de comprovar que o item é original, o NFT não garante que não serão lançadas cópias ou variações do arquivo. Mas ele garante a autenticidade do item que tiver o NFT, mesmo que existam cópias disponíveis na internet.

 

Cuidados ao adquirir um NFT

 

Antes de investir em um token não fungível, é preciso saber que o investimento é volátil. Ou seja, é possível ganhar muito dinheiro em um curto período de tempo, mas também é possível perder muito ou esperar longos períodos para ver algum resultado.   

Segundo especialistas, o segredo está na assimetria de lucros. Com o potencial de valorização de um NFT, basta investir uma pequena parcela, pensando a longo prazo, para não arriscar o seu patrimônio.

A valorização ou a desvalorização levam em conta a oferta e a procura, assim como no mundo real, com a diferença de que estamos falando de arquivos digitais.