Como estamos nos reinventando com a tecnologia em tempos de confinamento

Com estratégias, reorganização e ajuda tecnológica é possível criar uma rotina de trabalho (produtiva) durante a quarentena
Por: Leonardo Raposo, Co-Founder / COO da Mazzatech
Escrito em: 08/04/2020
Gostemos ou não, com a pandemia do novo coronavírus, o confinamento social já é uma realidade no Brasil. A adaptação de pessoas, empresas e setores educacionais precisou ser estabelecida de maneira urgente nas últimas semanas. Este é um momento de reinvenção e, para mim, a tecnologia tem um papel fundamental em tudo isso!

Como sabemos, o isolamento é essencial no combate à transmissão do vírus. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é preciso evitar aglomerações e isso inclui a parada do trabalho da maneira convencional, como estávamos acostumados, além da parada das aulas das crianças.

Mas com organização e esforço, a tecnologia torna-se forte aliada para o mundo continuar girando.

 

Ferramentas que salvam a vida no home office

O home office foi a solução mais prática e rápida de ser implementada para a maioria das empresas. Os profissionais que têm como desenvolver suas atividades em casa estão adaptando a rotina e fazendo uso da tecnologia para manter o trabalho em dia.

Para a maioria das áreas que estão em home office, é possível preparar um ambiente para manter as atividades por meio de ferramentas gratuitas ou pagas de fácil acesso:

  • Dropbox: serviço de armazenamento em nuvem, ou seja, permite guardar arquivos diversos de forma remota, por meio da Internet. A alusão à nuvem vem dessa possibilidade de estar em uma rede digital, que pode ser acessada de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora, sem a necessidade de instalação de programas ou de armazenamento;
  • Whereby: para as reuniões em videoconferência, essa é uma ferramenta disponível que facilita a organização com mais de dois participantes, que estão em locais diferentes. A pessoa que marca a reunião poderá enviar um invite (e-mail convite) ou encaminhar o link para os demais participantes se conectarem;
  • Trello: é um organizador funcional e compartilhável. É possível que uma equipe organize as tarefas de maneira eficiente em um ambiente em que todos têm acesso às demandas. Nestes ambientes tecnológicos, os trabalhos podem ser facilmente visualizados e reorganizados, de acordo com as prioridades.

 

Instituições de educação 

A modalidade de educação a distância (EaD), embora não seja uma novidade, tornou-se a plataforma ideal para manter o ano letivo. No caso das escolas, em que a maioria dos processos são presenciais, é na modalidade a distância com videoconferências (ao vivo), videoaulas (gravações), formulários online e ambientes virtuais que as aulas são mantidas.

Não tem sido fácil para coordenadores e professores ou para as famílias, que precisam auxiliar as crianças com a tecnologia, mas é um meio de manter o aprendizado e proporcionar atividade a elas, que estão confinadas com os pais que, muitas vezes, estão em home office e precisam dedicar sua atenção ao trabalho.

Além dos vídeos, é possível atuar com alunos em plataformas específicas de aprendizagem, chamadas de AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem). Trata-se de um sistema (software) desenvolvido para ajudar professores e tutores a gerenciar conteúdos e materiais complementares para os alunos, e na gestão completa de cursos online.

E você, como está lidando com este período de isolamento? Quais plataformas ou inovações já teve contato? Vamos trocar ideias. Vamos tornar o ambiente online mais acolhedor e proveitoso! Aguardo seus comentários. 🙂